Atendimento

0

10% de Desconto

em pagamentos à vista

Entregamos

em todo o Brasil

Segunda à Sexta

das 10h às 18h

Pague com cartão

em até 10x s/ juros

Segurança

Loja oficial

Produção Artesanal

O processo de serigrafia consiste em realizar uma impressão transferindo um líquido (tinta) em uma base sólida (azulejo).

 

Neste processo são necessários:

Azulejos;

Tinta cerâmica especial (desenvolvida por nós);

Rodo;

Tela serigráfica;

Mesa serigráfica;

 

Cada estampa ou azulejo estampado exige um certo ajuste de pressão no rodo que passa sobre a tela carregando a tinta e transferindo a mesma para o azulejo.

Para evitar manchas e diferença de tonalidade nas produções de vários azulejos de mesma arte e cor, exige que seja aplicado sempre com a mesma pressão e ajuste de tinta e tela serigráfica sobre todas as peças.

 

O que altera com a pressão do rodo não ajustada?
Manchas, falha na impressão, grande diferença de tonalidade entre as peças do mesmo lote produzido, arte com aparência borrada, entre outros efeitos.

 

O uso da máquina para estampar se deve a nossa exigência e preocupação pela qualidade e uniformidade das peças. Uma vez que ajustada a máquina, a atenção se deve a cada peça produzida, o operador deve se atentar ao fazer o encaixe exato de cada peça em um esquadro configurado para a estampa, a selecionar peças sem defeito de fábrica como pontos pretos ou trincos, verificar se a impressão foi feita de forma correta, uniforme e exatamente onde deveria ser.

 

O auxílio das máquinas semi automáticas nos possibilitam esta uniformidade de qualidade entre as peças e para cada arte a ser impressa no azulejo demanda uma nova configuração para a máquina. Quando é produzido um mesmo modelo de diversas cores, para cada cor/tinta exige também uma nova configuração, onde o trabalho é 100 % manual e depende excepcionalmente da experiência do operador que realizará a produção.

 

* O que é uma tela serigráfica?

A tela serigráfica é utilizada para a impressão de algum líquido sobre uma área sólida.

No nosso caso, esta é utilizada basicamente para imprimir tinta no azulejo.

Quais materiais que consistem na tela:
Quadro retangular (normalmente): pode ser de alumínio, ferro ou madeira.
Malha de nylon que dependendo do trabalho a ser executado é utilizada mais fina ou mais grossa.
Emulsão: utilizada para gravar na tela onde não transferirá tinta para o azulejo.

 

O que muda no tipo do material do quadro?
Basicamente: Durabilidade e custo, sendo do menor para o maior: madeira, ferro, alumínio; utilizamos alumínio afim de evitar resíduos ao longo do tempo.

 

Emulsão: existem diversos tipos, para cada trabalho exige um certo específico, geralmente elas variam bastante sua durabilidade e resolução da arte gravada na tela.
Por exemplo: se for uma arte com mais detalhes utiliza se uma certa emulsão, com menos detalhes outra.

 

A gravação da tela serigráfica consiste no posicionamento do fotolito (papel transparente com a impressão em preto da arte) na tela e a mesma deve ser posicionada em uma luz ultravioleta por determinados minutos (que variam de acordo com malha, emulsão e aplicação da emulsão).

Desde a esticagem do nylon na tela, a cola deste nylon na tela, qualidade de todos os insumos utilizados até a gravação da tela devem estar 100%, se qualquer um dos processos não forem bem feitos pode ocorrer diversos efeitos indesejáveis na impressão da arte no azulejo.
Como por exemplo: se a malha não estiver esticada corretamente, mesmo com todo o ajuste da máquina correto pode ocasionar em manchas, tinta borrada e impressão não uniforme.

 

Cada item, material ou insumo utilizado no processo de serigrafia é importante e a tela também é uma delas.

* Qual azulejo utilizamos e por quê?

A escolha da base cerâmica utilizada definiu se com testes de requisitos mínimos de trabalho: durabilidade, qualidade, brilho e aparência/estética.

Para determinar uma base cerâmica, além de passar nos testes acima, deve ser ajustado o forno de queima cerâmica, este é o coração da empresa, onde todos os ajustes devem estar alinhados, temperatura, queima e velocidade para garantir e manter os requisitos mínimos de trabalho após o processo de silk screen (serigrafia).

Atualmente utilizamos a base cerâmica Azulejo 15,5x15,5cm branco da Eliane.
Poderíamos utilizar outras bases? Sim, porém outras bases não passaram em nossos testes ocasionando em trincos, pouca durabilidade e baixa qualidade após processo de silk screen.

Este azulejo é recomendado para: piscina, área interna, área externa, área molhada e seca e fechada.

* Tinta cerâmica

Todas tintas cerâmicas tem como base a sílica, que após a queima se transforma em uma película de vidro, o qual se funde com o azulejo e nunca mais sai, é um processo irreversível.

O que consiste: Pigmento, esmalte cerâmico, aditivos (ex: fundente, etc) e veículo.

Pigmento: é o que dá a cor, cada pigmento tem sua matéria prima que quando recebe o processo de queima se transforma, por exemplo: a tinta azul cobalto tem em sua matéria prima o óxido de cobalto que antes de queimar apresenta uma cor lilás escuro e após a queima resulta em um azul escuro “roxeado”, um efeito particular do óxido de cobalto.

 

Esmalte cerâmico: existem diversos, basicamente são: transparente brilhante, transparente acetinado, branco brilhante e branco acetinado.
A utilização de cada vai depender do resultado desejado.

 

Aditivo: exemplo: fundente, o fundente é na verdade um esmalte cerâmico que tem como função diminuir a temperatura de queima da formulação da tinta.
Como assim?
Cada esmalte cerâmico tem determinada temperatura ideal de queima, operamos na maioria do tempo em uma combinação de temperaturas no forno e as fórmulas são testadas e ajustadas para atingiram esta combinação de temperaturas como ideal para atingir brilho e qualidade desejada.

Veículo: líquido utilizado para misturar na tinta e proporcionar a impressão da tinta.
 

* Qual a temperatura do forno?

Utilizamos uma combinação de temperaturas onde a temperatura sobe até 1000 graus Celsius no pico da queima e após o azulejo deve ser resfriado na velocidade correta.

 

* Velocidade queima

Atualmente nossa velocidade de queima é de 45 minutos por ciclo, ciclo seria o tempo de entrada até a saída de cada peça no forno. Esta é ajustada para que a queima e resfriamento sejam ideais para garantir qualidade, durabilidade, brilho e aparência/estética de cada peça ao sair do forno.

 

* Tinta em ouro

Existem tintas que são a base de ouro, ouro de verdade.
Duas delas são: Magenta e Ouro metalizado.

Magenta: possibilita atingir tons de rosa e roxo mais intensos, por exemplo: similar a um rosa choque.

Ouro metalizado: o efeito após a queima é exatamente ao de um anel de ouro e também os cuidados devem ser também iguais.

Estas tintas também são cerâmicas e à base de sílica.

 

* Vantagens e Desvantagens

O processo de serigrafia/silk screen tem suas vantagens e desvantagens:

Desvantagens:
Baixa resolução na impressão para tipo foto, por exemplo: a impressão de uma foto é possível no azulejo com este processo, porém devido aos equipamentos utilizados não possibilita uma excelente qualidade de impressão nos detalhes de degradê de cores e tonalidades.

Vantagens:
Intensidade das cores, cores vívidas: especialmente para pessoas que querem cores mais vivas em seus ambientes.

Personalização, variação de cores e modelos de acordo com cada gosto/pessoa, possibilita que a pessoa escolha a cor e modelo que quiser desenvolver, para pessoas que estão em busca de escolher um revestimento que ela mesma gostaria de chamar de seu, caso não se identifique com as nossas coleções.